Outras Edições

Em destaque Mundo

Israel diz ter atingido 200 “alvos terroristas” do Hamas após fim de trégua em Gaza

Os recentes bombardeios na região deixaram 184 mortos e 589 feridos

Crédito: Redação - 02/12/2023 - Sábado, 17:04h

Gaza - Os combates em Gaza se intensificaram com bombardeios israelenses neste sábado (2), pelo segundo dia consecutivo, após o fracasso das negociações para estender uma trégua de uma semana com o Hamas.

Em Khan Younis, no sul de Gaza, ocorreram intensos bombardeios após o término da trégua, causando grandes colunas de fumaça e levando os residentes a fugir em busca de abrigo, informou a agência Reuters.

Israel afirmou ter atingido mais de 200 "alvos terroristas" em Gaza, resultando em 184 mortes e pelo menos 589 feridos, além de danificar mais de 20 casas.

Ambos os lados culpam o outro pelo fracasso de extensão da trégua, com Israel acusando o Hamas de não libertar todos os reféns prometidos em troca da soltura de palestinos detidos em território israelense.

A ONU alertou que os combates intensificariam uma grave crise humanitária em Gaza, descrita como "o inferno na Terra" por um porta-voz. O chefe de ajuda humanitária da ONU expressou frustração com a situação, destacando que não há lugar seguro para os residentes de Gaza.

Israel prometeu destruir o Hamas após um ataque violento em 7 de outubro, no qual alega que o grupo matou 1.200 pessoas e fez 240 reféns. Desde então, ataques israelenses devastaram grande parte de Gaza, governada pelo Hamas desde 2007, com relatos de mais de 15 mil mortos e milhares de desaparecidos.

Foto: iStockphoto
Compartilhe
Comentários
1 ano
24 edições
¥7000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203