Outras Edições

Em destaque Japão

Japão inicia venda experimental de pílula do dia seguinte sem necessidade de receita médica

A disponibilidade desses contraceptivos pode fornecer um recurso importante para vítimas de estupro

Crédito: Redação - 28/11/2023 - Terça, 11:24h

Tóquio, Japão - A partir desta terça-feira (28), 145 farmácias em todo o Japão começaram a vender experimentalmente a pílula do dia seguinte sem a necessidade de receita médica, como parte de um estudo para investigar a viabilidade de sua venda sem prescrição, informou a emissora TBS.

Esta pílula, quando tomada dentro de 72 horas após a relação sexual, é pode prevenir a gravidez em cerca de 80% dos casos, mas até agora, no Japão, era necessário ter uma receita médica para obtê-la.

A venda sem prescrição médica será realizada sob a supervisão da Associação Farmacêutica do Japão, que recebeu esta tarefa do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-estar.

Somente pessoas com 16 anos ou mais que concordem em participar da pesquisa poderão comprar o medicamento, que custará entre 7.000 e 9.000 ienes (veja mais detalhes aqui).

Esta pesquisa está programada para continuar até março do próximo ano, e com base nos resultados, o Ministério da Saúde decidirá sobre a continuidade da venda da pílula em farmácias.

A disponibilidade desses contraceptivos sem prescrição em farmácias poderia fornecer um recurso importante para vítimas de estupro e potencialmente reduzir a necessidade de abortos.

A maioria dos métodos contraceptivos previne a gravidez antes ou durante a relação sexual. A pílula do dia seguinte, no entanto, é um contraceptivo de emergência que pode evitar a gravidez após o ato sexual.

Foto: Reprodução/JNN
Norlevo, pílula do dia seguinte
Compartilhe
Comentários

998 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
24 edições
¥7000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203