Outras Edições

Serviços Saúde

Doenças perigosas na gravidez

Durante a gestação, é preciso dobrar a atenção aos sintomas de enfermidades para proteger a mãe e o filho

Crédito: Thassia Ohphata/Alternativa - 15/04/2018 - Domingo, 16:52h

Contrair uma doença em qualquer fase da vida requer cuidados especiais. No entanto, se a doença for identificada na gravidez, os cuidados devem ser redobrados. O corpo e o sistema imunológico da gestante sofrem alterações que facilitam a proliferação dos micro-organismos causadores de doenças e que podem prejudicar o desenvolvimento do bebê.

Na maioria dos casos, a mulher só irá contrair as infecções que não tenha tido antes da gravidez. É por essa razão que é indicada a vacinação contra a hepatite B e a rubéola antes mesmo dela engravidar.

Mas nem sempre a criança é infectada quando a mãe adoece. Hoje, felizmente, é possível tratar ou controlar a maioria dessas doenças. Confira a seguir algumas delas.

Rubéola

Embora a doença seja considerada de baixa gravidade, durante a gravidez ela torna-se de alto risco para o bebê. A infecção é muito grave nos três primeiros meses e pode provocar cegueira, malformações cardíacas, microcefalia e surdez.

No caso de infecção durante a gravidez, o acompanhamento médico é imprescindível. A contaminação se dá por via respiratória e os sintomas são parecidos com os da gripe.

Para prevenir ou detectar a doença, antes de engravidar, toda mulher deve realizar o exame e tomar a vacina, no mínimo, três meses antes.

Hepatite B

Está associado à cirrose hepática e ao câncer no fígado. Pode ser contraída por meio de relação sexual, transfusão de sangue, uso de agulhas não esterilizadas e, durante o parto, da mãe para o filho. É possível ter parto normal.

No entanto, logo em seguida, o bebê deve tomar um banho para reduzir a exposição ao sangue materno e receber a vacina contra a doença.

Sífilis

Doença sexualmente transmissível que se manifesta com manchas no corpo, lesões, verrugas e úlceras na vagina. Caso o micro-organismo passe pela placenta nos três primeiros meses de gestação pode provocar aborto e, após o nascimento, alteração cutânea, lesões ósseas e articulares, hepatoesplenomegalia (aumento do fígado e do baço), linfadenomegalia (aumento dos gânglios), surdez e anomalias dentárias. 

A cura, tanto da gestante quanto do bebê que nasce, se dá pelo uso de antibiótico por via endovenosa.

Toxoplasmose

A infecção se manifesta com sintomas que podem ser confundidos com os da gripe, vômitos e até gânglios pelo corpo. Quando a mulher desenvolve a doença na gravidez, pode transmiti-la para o feto, ocasionando lesões cerebrais, retardo mental e até a cegueira completa. 

Os médicos recomendam que as gestantes evitem o contato com gatos desconhecidos. Além disso, deve-se evitar a ingestão de carne malpassada e ovo cru ou frito, e lavar muito bem as frutas e verduras.

Aids

Às vezes, sintomas como febre, manchas e dores pelo corpo surgem poucas semanas após a contaminação. Em geral, a mulher deve ser submetida à cesariana para não infectar o bebê.

Ao nascer, a criança é banhada imediatamente para reduzir o contato com o sangue materno e logo recebe a primeira dose do AZT, utilizado no tratamento da Aids. O bebê não poderá se amamentado no peito, porque o HIV está presente no leite.

Zika

Caracteriza-se por febre baixa, dores leves nas articulações, coceira, manchas vermelhas pelo corpo. A doença é causada pelo vírus Zika, que é transmitido pela picada do mosquito aedes aegypti. No caso das gestantes, a doença pode ter efeitos graves sobre o feto.

Ao que tudo indica, ela pode causar microcefalia, uma má-formação que está associada com retardo mental em 90 % dos casos, e outras síndromes como a de Guillain Barré. Por enquanto, não existe uma vacina capaz de prevenir a doença e a recomendação é evitar ao máximo o contato com o mosquito.

Artigo publicado na edição 388 da Revista Alternativa.

Foto: iStockphoto
Compartilhe
Comentários
1 ano
26 edições
= 4.500 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F