Outras Edições

Serviços Educação

Saiba mais sobre as 3 modalidades de ensino superior no Japão

Estudantes de ensino médio (koukou) podem ingressar em faculdades de longa, curta duração ou escola técnica

Crédito: Ana Paula Ramos/Alternativa - 08/10/2017 - Domingo, 11:40h

Os estudantes de ensino médio (koukou) no Japão possuem três opções de profissionalização ao término da escola básica. Os alunos que desejam continuar os estudos podem escolher entre o ingresso em uma universidade comum ou em uma universidade de curta duração ou em uma escola técnica.

As três modalidades possuem características únicas, variações no tempo de estudo, nos custos e na profissionalização.

Uma das grandes diferenças com o sistema educacional do Brasil é que nem sempre a especialização do aluno estará relacionada à atividade de trabalho que ele exercerá no futuro.

O universitário poderá se formar em economia e trabalhar no departamento de marketing de uma grande companhia, por exemplo, realizando atividades totalmente diferentes do que foi aprendido nos anos de universidade.

Para a maioria das empresas japonesas, a especialização do candidato não é tão importante, mas o status de graduado, independente do curso, tem bastante valor.

O sistema japonês acredita que o funcionário novato, mesmo sem conhecimento na área de atuação dentro da empresa, poderá aprender as atividades com a ajuda dos “senpais”, trabalhadores que já estão há mais tempo.
 
ENSINO SUPERIOR

Universidade comum (Daigaku/大学):
A universidade comum engloba todos os cursos mais conhecidos, como ciências sociais, economia, história, design. Os cursos possuem duração de quatro anos e podem chegar a seis para os estudantes de áreas como medicina e farmácia. Depois de formado, o trabalho pode não ter relação com a área estudada pelo profissional.

Universidade de curta duração (Tanki Daigaku/短期大学):
Mais conhecidas como “tandai” (短大), as universidades de curta duração permitem que o aluno complete os estudos em dois anos (três para áreas de medicina). Essa modalidade é a mais rápida e indicada para quem tem pressa em entrar no mercado de trabalho. Porém, os alunos de universidades de curta duração devem fazer mais em menos tempo e, por isso, possuem uma vida acadêmica mais ocupada.

Escola de Especialização (Senmon Gakkou/専門学校):
As escolas técnicas do Japão são ideais para quem quer obter uma especialização e seguir carreira na área escolhida. Há muitas aulas práticas e os custos são semelhantes a uma universidade comum. São oito opções de áreas, como engenharia, saúde, educação, agronomia e assistência social. Há ainda dezenas de subdivisões e graduados na escola técnica podem exercer profissões como engenheiro, agricultor, pedagogo, nutricionista, hoteleiro, cabeleireiro e etc.

Foto: iStockphoto
Compartilhe
Comentários
1 ano
26 edições
= 4.500 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F