Outras Edições

Em destaque Comunidade

Estrangeiros ainda sofrem discriminação para obter moradia e entrar em lojas no Japão, mostra pesquisa

Entrevistados relataram exigência de não conversar em outro idioma que não fosse o japonês

Crédito: Redação - 18/04/2019 - Quinta, 09:55h

Tóquio - Quase metade dos estrangeiros que vivem em Tóquio sofreu discriminação racial, segundo uma pesquisa divulgada na última terça-feira (16) pelo Centro de Informação Antirracismo, um grupo formado por acadêmicos, ativistas e estudantes universitários.

Na pesquisa, 167 dos 340 entrevistados, incluindo estudantes, disseram ter sofrido algum tratamento discriminatório, como a exigência de não conversar em outro idioma que não fosse o japonês, informou a agência de notícias Kyodo.

Alguns estrangeiros que trabalhavam em lojas disseram que os clientes pediam para serem atendidos por japonesas, de acordo com a pesquisa realizada em fevereiro e março no distrito de Shinjuku, em Tóquio.

Segundo um nepalês que trabalha em uma farmácia, um cliente disse que não gostava de ver um estrangeiro trabalhando no caixa e pediu outra pessoa.

Um entrevistado chinês que trabalha em uma loja de conveniência disse que só pode conversar em japonês, mesmo que o cliente seja uma pessoa da mesma nacionalidade.

Houve também casos em que os estrangeiros não conseguiram alugar apartamentos. Alguns disseram que foram proibidos de entrar em lojas, mas nenhum dos entrevistados levou o caso a algum órgão público que lida com essas questões.

Ryang Yong Song, um representante do Centro de Informação Antirracismo, disse em uma entrevista coletiva que os estrangeiros que moram no Japão tendem a "acabar deixando (suas experiências discriminatórias) pra lá".

"O governo deveria conduzir uma pesquisa para mostrar que tipo de discriminação os estrangeiros enfrentam", disse Ryang, conclamando escolas e empregadores a lidar de forma mais proativa com o problema e a estabelecer um mecanismo para envolver funcionários públicos em sua solução.

O Centro de Informação Antirracismo recebe denúncias e oferece consultas sobre discriminação racial em seu site, aqui.

Foto: Reprodução/Tokyo Times
Placa diz que loja é exclusiva para japoneses
Compartilhe
Comentários

770 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F