Outras Edições

Em destaque Mundo

Coreia do Sul mantém restrições a alimentos de Fukushima e de outras 7 províncias

Seul proibiu as importações após o desastre nuclear ocorido em 2011

Crédito: Reuters - 12/04/2019 - Sexta, 12:02h

Seul - A Coreia do Sul ganhou na quinta-feira grande parte de seu apelo em uma disputa na Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre proibições de importação e exigências de testes impostas aos frutos do mar japoneses após o desastre nuclear de Fukushima.

No ano passado, um painel de disputas da OMC apoiou o Japão, dizendo que a Coreia do Sul estava errada em manter suas restrições comerciais iniciais. Mas a decisão de quinta-feira anulou vários pontos-chave dessa decisão, dizendo que as medidas da Coreia do Sul não eram excessivamente restritivas e não discriminavam injustamente o Japão.

O recurso considerou apenas a interpretação do painel das regras da OMC, sem entrar nos fatos sobre os níveis de contaminantes em produtos alimentícios japoneses ou sobre qual deveria ser o nível correto de proteção ao consumidor.

"O governo sul-coreano aprecia muito a decisão da OMC e saúda a decisão", disse o Ministério do Comércio, Indústria e Energia da Coreia do Sul em um comunicado.

Após a decisão, as atuais restrições comerciais da Coreia do Sul sobre frutos do mar japoneses permanecerão como está, acrescentou o comunicado do ministério.

A Coreia do Sul ampliou sua proibição inicial de importação de pescados japoneses em 2013 para todos os frutos do mar de oito províncias japonesas, incluindo Fukushima.

O Japão entrou com uma queixa comercial na OMC em 2015, argumentando que os níveis radioativos estavam seguros e que várias outras nações, incluindo os Estados Unidos e a Austrália, haviam suspendido ou amenizado as restrições relacionadas a Fukushima.

A Coreia do Sul importou 10,9 bilhões de ienes (US$ 102 milhões) em frutos do mar japoneses no ano até agosto de 2013, antes de ampliar suas restrições. Essas importações caíram então para 8,4 bilhões de ienes no ano seguinte, segundo o governo japonês.

Foto: iStockphoto
Compartilhe
Comentários

828 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F