Outras Edições

Em destaque Economia

Pesquisa: 59% dos japoneses pretendem reduzir gastos com comida após aumento de imposto

O shouhizei será reajustado de 8% para 10% em outubro deste ano

Crédito: Masamichi Maeda/Alternativa - 24/03/2019 - Domingo, 16:10h

Tóquio - Uma pesquisa realizada pela agência de notícias Jiji Press mostrou que 59,4% dos entrevistados pretendem reduzir gastos com comida em casa depois que o governo aumentar o imposto sobre consumo (shouhizei) de 8% para 10% em outubro deste ano.

O aumento do imposto não irá incidir sobre alimentos consumidos em casa, mas as famílias estão prevendo um impacto em outros tipos de compras e serviços.

A pesquisa de múltiplas respostas, que envolveu cerca de 2 mil homens e mulheres acima de 18 anos, também mostrou que 39,5% vão gastar menos com restaurantes, viagens e outros tipos de lazer; 37,6% pretendem reduzir despesas de luz, água e gás; 31,2% querem diminuir a conta de celular e internet e 31% vão comprar menos roupas, joias e acessórios.

De uma forma geral, 57,2% das pessoas, mulheres em sua maioria, disseram que vão replanejar os gastos domésticos após o aumento do shouhizei. Por outro lado, 37,2% responderam que não pretendem mudar seus hábitos em relação a compras e outros tipos de despesas.

Ainda segundo a pesquisa, divulgada neste domingo, 58,5% dos entrevistados disseram que se sentem "apertados" financeiramente, ou seja, não estão conseguindo pagar as despesas com uma certa "folga".

O governo disse que o aumento do imposto só não será colocado em prática se o Japão e o mundo sofrerem uma grave crise econômica, como a que ocorreu em 2008.

Foto: iStockphoto
Compartilhe
Comentários

568 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F