Outras Edições

Em destaque Comunidade

Capital Inicial cancela shows no Japão por “descumprimento contratual”

Grupo tinha apresentações agendadas em Isesaki, Hamamatsu e Nagoia

Crédito: Redação - 21/04/2017 - Sexta, 09:54h

Nagoia – Os shows do Capital Inicial estão cancelados no Japão. O próprio grupo postou nas redes sociais uma nota informando que as apresentações que estavam agendadas para os dias 29 e 30 de abril e 1 de maio, em Isesaki (Gunma), Hamamatsu (Shizuoka) e Nagoia (Aichi), respectivamente, foram canceladas.

O grupo alega na nota “descumprimento contratual”, sem dar mais destalhes.

O Capital Inicial deixou claro na nota ainda que “foram envidados todos os esforços possíveis para a manutenção das datas, mas não tivemos sucesso. A ‘Tour Japão 2017’ está cancelada”.

Os integrantes do grupo, ainda por meio da nota, pedem desculpas, lembrando que desejavam vir para o Japão, onde ainda têm esperanças de tocar um dia.

Sobre a devolução do valor dos ingressos já vendidos, o grupo indica que os interessados falem com a organização dos eventos.

Baixa venda de ingressos
O empresário José Luiz da Silva, o Tyson, informou que devido aos boatos de que os shows do Capital Inicial não seriam realizados, houve baixa venda de ingressos.

“Mas eu já havia pagado dois shows, de Isesaki e de Hamamatsu. Faltava o de Nagoia”, disse. Foi quando um representante do grupo teria dito que os shows no Japão estavam cancelados.

Tyson contou que tentou de todo modo reverter a decisão. “Eu disse que iria levantar o dinheiro até segunda-feira (24). Mas eles não quiseram”, lamenta.

Os boatos de que os shows do Capital não seriam realizados, conforme Tyson, surgiram depois do cancelamento da apresentação da dupla sertaneja, Munhoz e Mariano, em Fukui, que ele trouxe para o Japão recentemente. Ele contou que teve prejuízos com os sertanejos, que teriam ido para uma noitada na cidade de Nagoia e não queriam viajar de carro até Fukui, onde deveriam se apresentar.

“Esse problema com o sertanejos atrapalhou a venda de ingressos do Capital Inicial. Os artistas aparecem bonitinhos no palco, mas nos bastidores os problemas são muitos. Os contratos que eles fazem são leoninos. Exigem que os shows estejam 100% pagos. Mas como vou pagar antes se o dinheiro não entrou no caixa ainda?”, critica.

Tyson disse que está tentando reaver o dinheiro enviado para o Capital Inicial para proceder a devolução referente aos ingressos que já foram vendidos. Mas avisa que sem receber este dinheiro, não conseguirá devolver os valores com a rapidez que gostaria.

Segue a nota do Capital Inicial na íntegra:

Comunicado Importante 
O Capital Inicial informa a seus fãs, ao público em geral e aos veículos de comunicação, que infelizmente os shows agendados para o Japão nos dias 29 e 30 de Abril e 01 de Maio de 2017, nas cidades de Isesaki/Gunma, Hamamatsu Shi/Shizuoka-ken e Nagoya/Aichi-ken respectivamente, estão oficialmente cancelados por descumprimento contratual. 
Foram envidados todos os esforços possíveis para manutenção das datas, mas não tivemos sucesso. A "Tour Japão 2017" está cancelada.
Pedimos desculpas ao nosso público, e lamentamos profundamente que isso tenha acontecido. Queríamos muito ter ido, e reforçamos que tudo foi tentado. Ainda temos a esperança de um dia tocar no Japão. 
Informações sobre a devolução dos ingressos poderá ser obtida com a Organização dos eventos.
Capital Inicial

Foto: Divulgação
O grupo Capital Inicial tinha três shows agendados no Japão

Compartilhe
Comentários
Shopping
1 ano
26 edições
= 4.500 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F