Outras Edições

Em destaque Japão

Saiba como o Japão alerta a população em caso de ataque com mísseis da Coreia do Norte

A principal medida de segurança é a proteção em um local fechado

Crédito: Ana Laura Kawabe/Alternativa - 17/04/2017 - Segunda, 16:46h

Tóquio - Desde o início deste mês, as tensões entre Coreia do Norte, Estados Unidos e os aliados Japão e Coreia do Sul vem aumentando e a ameaça real de uma guerra chegou a um ponto preocupante.

Recentemente, os Estados Unidos enviaram um porta-aviões nuclear para a península coreana e os americanos estão, junto aos aliados, exercendo uma pressão militar na Coreia do Norte, para tentar evitar que o país controlado por Kim Jong Un proceda com testes de bombas nucleares e mísseis balísticos.

Em meio às tensões, a população da Coreia do Sul e do Japão teme que seus territórios acabem se tornando alvo de ataques. Nos últimos meses, testes de mísseis do Norte chegaram a atingir a zona econômica do território marítimo do Japão e provocou ainda mais preocupações, já que as bases americanas no arquipélago podem se tornar alvos fáceis em uma guerra.

As tensões na península coreana podem não chegar a tanto, mas prevenir nunca é demais. O portal japonês de assuntos jurídicos Bengoshi News publicou recentemente uma reportagem que mostra o sistema de alerta do Japão e como a segurança da população seria conduzida em caso de ataques de mísseis: confira abaixo.

Sistema J-Alert
No caso de uma grande emergência, como um ataque de míssil ou a vinda de um tsunami devastador, por exemplo, o Japão utiliza um sistema emergencial chamado de “J-Alert”.

As informações são repassadas da Secretaria Geral do Gabinete do governo japonês, através do sistema da Agência de Incêndios e Desastres (FDMA).

Alto-falantes em todas as cidades devem transmitir um som de sirene de alerta (ouça abaixo) e, logo em seguida, transmitir as informações e orientações com agilidade.

As informações também são repassadas pelas três maiores operadoras de aparelhos telefônicos do país: KDDI Au, NTT Docomo e Softbank. Além dos alto-falantes, a população será informada diretamente por mensagens no celular.

Proteção em caso de mísseis
No caso de mísseis, a primeira informação repassada é sobre a confirmação do lançamento do projétil pelo país vizinho. Logo após, o serviço deve informar a passagem do míssil e, no caso de queda no território, o alerta de evacuação.

Em japonês, a informação é repassada da seguinte forma:
1.  Hassha Jouhou 『発射情報』: aviso de lançamento
2. Tsuuka Jouhou 『通過情報』: aviso de passagem
3. Okunai Hinan no Yobikake 『屋内避難の呼びかけ』: chamada para refúgio em locais fechados

Refúgio
De acordo com um porta-voz da secretaria do Gabinete do governo, no caso de míssil, a principal medida de segurança a ser tomada é a proteção em um local fechado.

“O melhor é se esconder no subsolo. Se esta opção não estiver disponível, fique em um local fechado, que tenha uma boa estrutura”, disse.

Foto: Reuters

Som de alerta em caso de ataque com mísseis:

Compartilhe
Comentários

974 vagas disponíveis em todo o Japão

Shopping
1 ano
26 edições
= 4.500 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F