Outras Edições

Em destaque Comunidade

Japão acena positivamente para liberação do visto a yonsei, diz deputado

Meta pessoal de Walter Ihoshi, que esteve em Hamamatsu, é conseguir um resultado concreto em 2018

Crédito: Osny Arashiro/Alternativa - 17/03/2017 - Sexta, 11:55h

Hamamatsu - A convite do Gaimusho (Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão), uma comitiva de parlamentares do Brasil está no Japão em missão oficial para participar do "Programa Juntos! Intercâmbio Japão, América Latina e Caribe".

Na quinta-feira (16), os parlamentares foram recebidos pelo cônsul-geral do Brasil em Hamamatsu, José Antonio Gomes Piras, e demais diplomatas, para um encontro com a comunidade no saguão do consulado.

Após as palavras de abertura do cônsul e do Deputado Hidekazu Takayama, o líder Walter Ihoshi apresentou cada um dos parlamentares presentes à mesa. 

Integram a comitiva os seguintes deputados federais: Walter Shindi Ihoshi (PSD/SP), Hidezaku Katayama (PSC/PR), Marcos Montes Cordeiro (PSD/MG), Keiko Ota (PSB/SP), Antonio Goulart dos Reis (PSD/SP), João Paulo Tavares Papa (PSDB/SP), Jorginho dos Santos Melo (PR/SC), Milton Antonio Casquel Monti (PR/SP) e a secretária parlamentar Liliam Cruz Catunda. 

Na sequência foi passada a palavra ao porta-voz do Conselho dos Cidadãos de Hamamatsu, Etsuo Ishikawa, que leu e entregou aos deputados um ofício com reflexões e solicitações de apoio à comunidade brasileira no Japão, incluindo a liberação do visto para descendentes de quarta geração (yonsei).

Ihoshi disse à Alternativa Online que o governo do Japão, através do primeiro-ministro Shinzo Abe, está acenando positivamente para a liberação do visto para yonsei e já está havendo um debate dentro dos ministérios envolvidos - Negócios Estrangeiros, Justiça e o Gabinete do Ministro. "E também estamos dialogando com o governo japonês, esperamos que aconteça o mais rápido possível. A minha meta pessoal é conseguir um resultado concreto para o próximo ano, quando celebramos os 110 anos da Imigração Japonesa ao Brasil". 

Durante o encontro em Hamamatsu, Ishikawa fez uma breve apresentação das conquistas do município de Hamamatsu no setor educacional e trabalhista. "Dizem que Hamamatsu é inspiradora e as boas experiências saem de Hamamatsu", lembrou, reiterando que a atuação da comunidade é abrangente no setor educacional em todos os níveis, do ensino fundamental ao superior e pós-graduação.

Para Ishikawa, a comunidade se encontra em uma etapa acima do que se  imaginava há 15 anos e citou a realização, no ano passado, da 1ª Feira da Educação. Os setores do empreendedorismo, orientação psicológica, jurídica, trabalhista e previdenciária também são priorizadas. "Procuramos fazer tudo para que a comunidade brasileira possa se sentir em casa a 22 mil km de distância do Brasil", disse o líder do conselho de Cidadãos de Hamamatsu aos parlamentares em visita.

Ao finalizar, Ishikawa ressaltou a importância da liberação do visto de entrada para yonseis. "Porém, mais importante do que sensibilizar o governo do Japão para liberar o visto, é a adoção de políticas públicas para receber essa mão de obra estrangeira, respeitando normas trabalhistas e os direitos do trabalhador". 

Algumas das reivindicações entregues aos deputados:

 - Renovação para 2017 do convênio entre o Ministério das Relações Exteriores e o Ministério do Trabalho e Previdência Social para a continuidade das atividades do Espaço do Trabalhador Brasileiro, criado no Consulado Geral do Brasil em Hamamatsu em 2012. O espaço vinha atendendo aos brasileiros no Japão com esclarecimentos e disponibilizando informações trabalhistas, previdenciárias, qualificação profissional e empreendedorismo.

- Elaborar projeto de alteração da Lei nº 12.249 de 11 de junho de 2010, para isentar a aposentadoria e a pensão da alíquota de 25% atualmente cobrada na fonte dos beneficiários.

- Reforço às gestões do Itamaraty junto ao MEC com vistas a maior apoio às escolas brasileiras no Japão, inclusive com o estudo da possibilidade de realização de projetos a custos compartilhados de envio de professores temporários.

 - Continuidade das ações com vistas a sensibilizar o governo japonês a liberar o visto para yonseis, reivindicação essa que conta com apoio de seis das principais entidades nipo-brasileiras: Bunkyo, Kenren, Enkyo, Ciate, Aliança Cultural Brasil-Japão e Câmara do Comércio e Indústria Japonesa do Brasil.

Foto: Osny Arashiro/Alternativa
Deputado Walter Ihoshi (PSD/SP) durante encontro com a comunidade no Consulado do Brasil em Hamamatsu
Compartilhe
Comentários
Shopping
1 ano
26 edições
= 4.500 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F