Outras Edições

Em destaque Japão

Contratar “amigos de aluguel” para mostrar nas redes sociais se torna frequente no Japão

Muitas pessoas querem postar na internet fotos de uma vida agitada, mas na verdade têm pouco amigos

Crédito: Ana Laura Kawabe/Alternativa - 14/02/2017 - Terça, 17:05h

 

Tóquio - Se você tem poucos amigos, mas gostaria de mostrar nas redes sociais que possui uma vida social “agitada”, é possível contratar alguns funcionários de agências específicas para tirar fotos juntos e publicar no perfil. Isto se, obviamente, você morar no Japão.


Este tipo de serviço vem crescendo no arquipélago nipônico, principalmente entre mulheres jovens. A agência Family Romance, que aluga pessoas para participar em festas de casamento como se fossem amigos dos noivos, relatou à agência de notícias Jiji Press que, nos últimos anos, o interesse por fotos em rede sociais vem aumentando.


Em 2009, quando a empresa foi fundada, houve 16 pedidos de aluguel para fotos em redes sociais. Em 2016, o número de pedidos cresceu para 489, de acordo com as informações da empresa.

 
O número de pessoas interessadas em contratar pessoas para marcar presença em festas de casamento, fingindo ser um amigo ou parente, ficou em 201. Cerca de 60% das solicitações foram feitas por mulheres.

 
O executivo Hirokazu Ishii, 35 anos, representante da Family Romance, explicou que há vários motivos para este tipo de solicitação. “As pessoas pedem por companhias para fotos nas redes sociais por que não querem que os familiares e amigos de verdade pensem que elas possuem poucos amigos”, disse.

 
De acordo com a executiva Maki Abe, 41, diretora da agência Client Partners, que oferece serviços de aluguel apenas de mulheres, o número de pedidos para redes sociais em 2009 era de um a cada 100 solicitações. No último ano, o interesse cresceu para 20 em cada 100.

 
“No começo havia muitos homens. Porém, no último ano, 60% dos pedidos foram de mulheres”, comentou.

 
Entre os casos, houve uma mulher na faixa de 20 anos que pediu para que pessoas da mesma idade aparecerem em fotos de comemoração do aniversário para publicar nas redes sociais.

 
Outra cliente, também na faixa dos 20 anos, teria contratado três mulheres para fingir participação em uma “festa do pijama” e publicar as fotos na internet.
 
 
“Há pessoas que contratam o serviço várias vezes. O número de pessoas que querem aparecer mais do que o necessário nas redes sociais está crescendo”, comentou Abe.

 
Por este tipo de serviço, os clientes costumam pagar de ¥6 mil a ¥100 mil por vez, de acordo com o número de pessoas  necessárias e as condições do contrato.

 
Para a japonesa Megumi Ushikubo, 49, especialista em novas tendências entre jovens, os pedidos estão crescendo devido à grande difusão de sites como o Facebook e a maior visibilidade das relações sociais dos usuários.

 
“Os jovens têm medo de parecer que possuem poucos amigos, principalmente as pessoas com dificuldade de comunicação e interação social”, analisou.

 
Mesmo que as solicitações sejam boas para as agências, nem as próprias empresas se sentem felizes com o crescimento no interesse por este serviço. “Eu sinceramente gostaria que surgissem menos pedidos assim. Acho que isto significa um aumento da tendência das pessoas em esconder um lado que elas consideram “vergonhoso”, refletiu Abe.


Foto: iStockphoto

Compartilhe
Comentários

637 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F