Outras Edições

Em destaque Economia

Moedas de ¥50 e ¥100 circulam há 50 anos sem sofrer alterações

O Banco do Japão espera produzir 60 milhões de moedas de ¥50 e 450 milhões de ¥100 neste ano fiscal

Crédito: Paulo Sakamoto/Alternativa - 10/01/2017 - Terça, 18:26h

 

Tóquio - Presentes na vida diária de quem vive no Japão, as moedas de ¥50 e ¥100 permanecem com os desenhos e formatos praticamente inalterados há cinco décadas.


Criada originalmente em 1955, a moeda de ¥50 era feita de níquel. Dois anos depois, a moeda de ¥100, que era feita de prata, entrou em circulação. Somente em 1959 a moeda de ¥50 ganhou um furo no meio para diferenciá-la da moeda de ¥100.


Em 1967, as duas moedas sofreram as últimas alterações no formato e passaram a ser produzidas com uma liga de 75% níquel e 25% cobre, o mesmo material usado até hoje. A nova liga, conhecida como "curproníquel", substituiu a prata, que começou a se valorizar devido à alta demanda da indústria.


No final dos anos 2000, a circulação das moedas de ¥50 e ¥100 caiu por causa do crescente uso do dinheiro eletrônico e popularização dos cartões magnéticos usados no transporte público. Entre 2010 e 2014, a produção de moedas de ¥50 foi interrompida devido à fraca demanda.


Nos últimos anos, no entanto, a circulação das duas moedas vem aumentando. Até o fim do ano fiscal de 2016, que termina em março de 2017, o Banco do Japão espera produzir 60 milhões de moedas de ¥50 e 450 milhões de moedas de ¥100.


Até o fim de novembro do ano passado, cerca de 4,4 bilhões de moedas de ¥50 e 10,5 bilhões de moedas de ¥100 estavam em circulação no país, segundo o Banco do Japão.


Foto: iStockphoto

Compartilhe
Comentários
Shopping
1 ano
26 edições
= 4.500 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F